Páginas

Aviso

O autor adverte que o conteúdo dos textos a seguir pode ser de origem real, imaginária ou onírica. Logo, em se tratando de semelhanças com o cotidiano, os mesmos podem distorcê-lo em intensidade e veracidade dos fatos.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Criança crescida

Assopra as feridas, assopra
Escarra o teu veneno sobre a minha dor
Faz do escárnio teu palco
Faz do desprezo um afago
No teu discurso sem sabor.

Grita teu grito, maldito
Se apossa dessa falsa realeza
Aponta o teu dedo em riste
Aponta o meu semblante triste
E disfarce todo o teu frescor.

E prepara um espanto, mal santo
Que o mundo tem ginga pra rodar
Não mais vive uma criança medrosa
Hoje quem te encara é uma corajosa
Doida pra te exorcisar.

Caio Sereno.

Um comentário:

  1. Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com



    ResponderExcluir